Pataniscos de Corvina com salada de feijão verde


Deu para 10 unidades. Usei uma sobra de um lombo de uma cachola de Corvina que cozi há dias e que guardei, sem peles nem espinhas. Melhores que de Bacalhau.
Numa tigela, bati um ovo com uma chávena-de-café de água. Juntei meio pacote de preparado para polme Frita Fácil, da Espiga, misturei com uma colher de sobremesa cheia de Preparado Timorense da Quinta D'Avó. Bati bem. Deixei a descansar. Preparei 1/4 de pimento vermelho, que como era carnudo, deu para tirar a pele com a faca bem afiada. Cortei-o em tirinhas e juntei ao polme, assim como a Corvina lascada. Salpiquei com salsa seca.
Ao lume coloquei uma frigideira anti-aderente com um pouco de azeite, só uns fios, pois não necessitava de mais. Deixei aquecer o fundo e fui pondo colheradas do preparado, que foi fritando mais no calor que na gordura. Virei e deixei alourar, para ficarem crocantes. Ficaram sobre papel absorvente, mais por hábito que por necessidade.
À parte arranjei feijão verde. Abri-os no sentido longitudinal e cozi-os em água e sal, cerca de 10 minutos. Após esse tempo, escorri a água e cortei os feijões em pequenos pedaços, que coloquei numa saladeira juntamente com uns croutons de pão de alho e azeite, temperei de sumo de lima e um pouco de azeite.
Só experimentando para dar o valor devido. Ficaram óptimos.
Pr'á mesa!

Posted by Picasa

1 comentário:

SONINHA disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.